sábado, 2 de abril de 2011

Araci, Clarice e Henrique são mortos brutalmente depois de se meterem onde não devem. Saiba como!

Araci, Henrique e Clarice terão um triste fim
Foto: Divulgação - Rede Globo
Prepare o coração porque os próximos capítulos prometem muitas emoções. E um verdadeiro banho de sangue. Araci (Cristiana Oliveira), Clarice (Ana Beatriz Nogueira) e Henrique (Ricardo Pereira) já estão com os dias contados. A primeira será eliminada pela vingativa Norma (Gloria Pires); a segunda, pelo próprio marido, Cortez (Herson Capri); e o terceiro se dará mal ao cruzar o caminho do vilão Léo (Gabriel Braga Nunes).

Araci começa a cavar sua própria sepultura ao decidir fugir do presídio, depois que a nova diretora anuncia sua transferência. A bandidona mata Claudete (Glaucia Rodrigues), a guarda que lhe dava cobertura, e faz Norma de refém. Mas as autoridades agem rapidamente e cercam o local antes de Araci e suas amiguinhas ganharem a rua. Norma, então, convence a rival que o melhor é negociar com a direção do presídio para conseguir algumas regalias. E se oferece para fazer a ponte.

A técnica de enfermagem fala com a diretora por telefone, não consegue nada, mas... Garante a Araci que está tudo certo, que ela não será nem transferida. Araci engole a história e é surpreendida pela chegada dos agentes. Quando entende que foi traída, se prepara para matar Norma. Só que, antes de puxar o gatilho, é atingida por uma bala de borracha. Ferida, a marginal é levada para a enfermaria, onde Norma a dopa, a faz dizer onde está seu "tesouro" e a mata, sufocando-a com o travesseiro.

Uma vingança que acaba mal
Enquanto Araci e Norma tocam o terror no presídio, o mundo de Clarice vem abaixo. Natalie (Deborah Secco) grava Cortez em sua cama, dizendo que a ama e manda o DVD para a esposa do executivo. A socialite perde o chão. Tem uma crise de choro, quebra o quarto todo e... Prepara sua vingança.

Natalie consegue o que queria: se casar com Cortez
Foto: Divulgação - Rede Globo
Ela abre a escrivaninha do marido, pega documentos comprometedores e os entrega à Polícia Federal. Com isso, os investigadores conseguem as provas de que Cortez é um corrupto e o empresário é preso. Quando sai da cadeia, ele é surpreendido por um pedido de divórcio. É a gota d’água. Para não dividir o patrimônio com a esposa, Cortez manda matá-la. Seu capanga mexe no freio do carro de Clarice, que sofre um acidente fatal. Logo depois, o safado se casa com Natalie.

Traição que não dá em nada
Henrique, que tem imagens de Cortez fazendo negociatas, vira alvo do banqueiro. E de Léo, que é encarregado por Cortez de tirar o material do executivo. Numa viagem de navio, o vilão contrata uns homens para assaltarem o local e pegarem o DVD de um cofre. Eles se atrapalham, mas Léo, sem que ninguém veja, pega o disco.

Henrique percebe a furada em que se meteu, vai à casa de Wanda (Natália do Vale), a faz de refém, mas... Neném (Ana Lúcia Torre) aparece, nota algo errado e chama a polícia. E Henrique é morto pelos agentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário