sábado, 2 de abril de 2011

TJ mantém veto ao filme em que Xuxa transa com garoto de 12 anos .

Em decisão unânime, o TJ (Tribunal de Justiça) do Rio de Janeiro negou à Cinearte Produções Cinematrográficas pedido de liberação do filme Amor Estranho Amor, no qual Xuxa Meneghel, hoje com 47 anos, interpreta uma prostituta pedófila que, nua, vai para a cama com um garoto de 12 anos.

A Cinearte pretendia, com um recurso jurídico, derrubar a liminar obtida pela Xuxa Promoções e Produções que impede a divulgação e comercialização do filme.

Veja a cena:

Além de não atender ao recurso, os desembargadores da 11ª Câmara Cível do TJ acompanharam o voto de Cláudio de Mello Tavares, relator do caso, para que seja mantido o veto.

Para o relator, a divulgação do filme causaria “prejuízo irreparável” à apresentadora que passou a ser conhecida como "a rainha dos baixinhos" por apresentar programas para crianças.

Amor Estranho Amor foi dirigido por Walter Hugo Khoury (1929-2003) em 1982.

Rubens Ewald Filho, que fez uma ponta no filme, lembrou no programa Provocações de ontem (18), da TV Cultura de São Paulo, que ele acompanhou a gravação da famosa cena em que a personagem de Xuxa seduz o garoto.

“Sim, ela [Xuxa] fez tudo aquilo mesmo, era tudo dela”, disse Ewald Filho, desmentido a versão de que o corpo da personagem, em algumas tomadas de câmera, não seria da apresentadora.

Ele informou que Pelé, namorado de Xuxa na época, impediu que a apresentadora fosse filmada de costas. “Não, mostrar a bunda, nunca”, disse o jogador, contou Ewald Filho.

Na cena em que está sobre o menino, o bumbum dela é encoberto por um recurso de iluminação, uma sombra.

Há 18 anos  Xuxa paga anualmente à Cinearte um valor em dólares pelos direitos patrimoniais do filme.

Em 2009, a produtora propôs a Xuxa um reajuste, mas o acordo não saiu. A Cinearte deixou de informar o número da conta bancária para o depósito e a apresentadora  faz o pagamento em juízo.


INVERSÃO DE VALORES
Enquanto a “adulta” ganhou e ganha milhões divertindo as crianças; “a criança” ganhou uns trocados pra divertir os adultos.

O menino de 12 anos que protagonizou o polêmico filme erótico “Amor Estranho Amor” em 1982, chama-se Marcelo Ribeiro, em uma entrevista para Folha Online ele conta mais detalhe do filme, e planos de escrever um livro.

Com a evolução do desempenho conquistado a partir do filme inicial e a “fama” adquirida, Marcelo Ribeiro foi protagonista de um outro filme, agora da produtora “Brasileirinha” o pornô intitulado:

Nenhum comentário:

Postar um comentário